domingo, 31 de março de 2013

Adutora do Italuis rompe novamente e 100 (cem) Bairros da Capital ficarão sem água, previsão de restabelecimento no fornecimento normal de água para o dia 03 de abril.

A Caema, informa que mais uma vez a adutora do sistema Italuis rompeu na altura do KM 38 de Campo de Perízes. 

O rompimento, aconteceu hoje, por volta das 5h. Em nota, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) informou que técnicos e engenheiros da Companhia se deslocaram imediatamente para o local para a realização do conserto, que deverá ser concluído dentro de 24 horas. 

A normalização do abastecimento está prevista para acontecer em até 72 horas. Este é o primeiro rompimento ocorrido em 2013. O último foi registrado há três meses, bem próximo ao atual, no km 39. Seis dias antes, o Sistema Produtor Italuís sofreu uma paralisação na própria sede, localizada entre os municípios de Bacabeira e Santa Rita.

Veja abaixo a lista de bairros atingidos com o rompimento do Sistema Italuís:


Técnicos e engenheiros da Caema se deslocaram para o local do rompimento. (Foto: Douglas Pinto/TV Mirante)
Técnicos e engenheiros da Caema se deslocaram para o local do rompimento. (Foto: Douglas Pinto/TV Mirante)
Com isso, mais 100 bairros ficarão sem água. São eles:

Zona 01
Centro, São Pantaleão, Madre Deus, Goiabal, Codozinho, Vila Bessa, Belira, Lira, Areinha (parte), Macaúba, Apicum, Camboa, Vila Bangu, Diamante, Vila Passos, Coréia de Baixo, Coréia de Cima, Sítio do Meio, Alto da Boa Vista, Retiro Natal, Liberdade, Tomé de Sousa, Fé em Deus, Floresta e Monte Castelo (parte).

Zona 04
Jardim São Cristóvão, Tirirical, Solar das Mangueiras, São Bernardo, Vila Brasil, Cohapam, Parque Universitário, João de Deus, Sítio Pirapora, Estação Rodoviária, Vila Itamar I e II, Parque Jaguarema, Conjunto Cial, Alameda dos Sonhos.

Zona 05
São Francisco, Ilhinha, Morrinho, Jaracati, Ponta d’Areia, Ponta do Farol, São Marcos, Calhau, Renascença I e II, Residencial Novo Tempo II, La Ravardiere, Alto do Calhau, Recanto dos Nobres, Cohafuma, Av. Litorânea, Solar dos Lusíadas, Solar dos Lusitanos, Conjunto Turu I II e III, Jardim Eldorado, Loteamento Brasil, Divinéia, Olho d’Água, Sol e Mar, Vila Luisão, Santa Rosa, Turu Velho, Matões, Parque Vitória, Vivendas do Turu, Vila São José, Canudos, Terra Livre.

Matéria publicada em: 

http://www.luiscardoso.com.br/cidade/2013/03/agora-lascou-italuis-rompe-e-100-bairros-da-capital-ficarao-sem-agua/

“Façamos exatamente o contrário do que a Globo e outros inimigos desejam” Por Conceição Lemes, no Viomundo.

31.03.2013.
Desde sexta-feira à noite, quando o Azenha postou Globo consegue o que a ditadura não conseguiu: calar imprensa alternativanós conversamos bastante. 

Temos várias coisas em comum. A paixão pela reportagem. A indignação com o crescente “jornalixo” brasileiro, que estupra a verdade factual, atenta contra a democracia, criminaliza os movimentos sociais, viola os direitos humanos e a cidadania.  A preocupação com a justiça social, dar voz a quem não tem. A defesa do SUS e da saúde pública.

Porém, democraticamente divergimos em relação ao futuro do Viomundo.  Sou contra o fim do site. Se a Globo está jogando seus “tomahawk” contra nós e outros jornalistas/blogueiros de esquerda, é porque incomodamos, estamos no caminho certo.  Mais um motivo para não jogarmos a toalha.

Lembra-se, Azenha, da petição em favor da pesquisa com células tronco-embrionárias? E do golpe D’Urso?

Em abril de 2007, após o Congresso aprovar e o presidente Lula sancionar, a lei que autorizava esse tipo de pesquisa no Brasil foi parar no Supremo Tribunal Federal (STF). O então subprocurador-geral da República, Cláudio Fonteles, alegou que era inconstitucional. Questionado sobre se sua ação não teria motivação religiosa, o franciscano Fonteles acusou Mayana Zatz de viés judaico. 

Diante do silêncio profundo que se seguiu, indignei-me. Na condição de cidadã, redigi um  texto, repudiando a desesperada manobra para desviar o foco do debate. O texto acabou virando uma petição que destinei ao STF: Células tronco-embrionárias. Direito à esperança de cura e à liberdade de pesquisa, sim. Ao obscurantismo, não.  

Eu ainda não conhecia pessoalmente o Azenha. O Viomundo, no entanto, foi o primeiro veículo a publicar a petição, com este destaque no título:  Eu apoio. Ao final, conseguimos 48.519 assinaturas. A petição foi usada pela defesa no julgamento do STF.

Em 26 de setembro de 2007, estreiei no Viomundo, denunciando um dos idealizadores do movimento tucano-direitista Cansei, Luiz Flávio D’Urso, que era presidente da OAB-SP.

D’Urso, além de alardear que o Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) apoiava o Cansei, divulgou que o seu presidente havia colocado toda a infraestrutura da entidade para ajudar o movimento. Era mentira.

Em fevereiro de 2008, denunciamos a epidemia midiática de febre amarela. Um verdadeiro crime contra a saúde pública cometido pela velha mídia. O pânico desencadeado pela combinação de má-fé e incompetência  de grande parte da imprensa levou milhões de pessoas a se vacinar inutilmente e a correr riscos desnecessários devido aos efeitos colaterais. Duas morreram estupidamente.

Impossível não relembrar, por exemplo:














Nossa razão de existir:  o interesse público com base na verdade factual em prol de bens maiores, como a defesa da democracia, da cidadania, da saúde pública, dos direitos humanos, dos movimentos sociais e das minorias.

Tudo isso só foi possível devido à independência do site, sem conflitos de interesse, e a cooperação de vocês, nossos milhares de leitores, e dos colaboradores voluntários que fomos conquistando.

Pressões nunca faltaram. Houve ministro mandando recado. Na última semana, uma pessoa que alguns de vocês conhecem teve o desplante de ligar para o Azenha, pedindo a minha cabeça, como o Serra e o Aécio fazem com os jornalistas que lhes fazem perguntas embaraçosas e matérias desfavoráveis.

Azenha deu risada. Como eu daria, se alguém viesse questionar a seriedade, a lisura e a ética profissional do Azenha.

Nós estamos juntos no Viomundo há quase seis anos. Temos plena autonomia de trabalho, pois agimos sempre com muita responsabilidade.  Nossas denúncias não são baseadas em achismos. Elas só vão para o ar depois de muito investigadas.

Tudo isso, confesso, à custa de muito sacrifício pessoal.  É com o dinheiro que ganho como free-lancer e livro na área de saúde que eu posso fazer o Viomundo.

Já disse aqui que entendo as razões do Azenha. É duríssimo ser penalizado por exercer o seu direito constitucional de expressar a sua opinião. Assim como é duríssimo ver tolhido o seu direito ao exercício adequado da profissão de jornalista.

Pior é que tudo muito surreal, kafkaniano, mesmo.

A Globo alardeia a liberdade de expressão e de imprensa. A dela, claro, pois a nossa, ela tenta silenciar por meio de processos. Isso é censura!

Queremos a regulamentação  dos meios de comunicação, como já existe na Inglaterra, EUA, Argentina e Venezuela. A Globo e o restante da mídia corporativa dizem que é censura, quando não é.

Paradoxalmente, ela pode destruir a reputação de quem desejar, pois sabe que conta com impunidade.  Já nós, pela simples menção de um nome, somos alvo de processo.

Já pensaram quanto o Lula  lucraria se um belo dia o ex-presidente  decidir processar a Globo & Cia, com base no que já o difamaram?

No Viomundo, nunca nos recusamos a publicar contestações de quem quer que seja. Tanto que já postamos notas do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do senador Aécio Neves. Procedimento que a velha mídia usualmente não tem com as vozes discordantes.

A Globo leva despudoradamente 70% das verbas publicitárias do governo federal, que paga para apanhar.  Mas basta esse mesmo governo anunciar em algum blog progressista para ser chamado às falas pela velha mídia, que posa de vestal, e o veículo ser tachado de chapa branca.

Azenha já disse trocentas vezes.  O Viomundo não aceita nem pleiteia verba de governos federal, estaduais e municipais. Porém, em nome da pluralidade e da democratização da informação, defendemos que o governo federal anuncie também na blogosfera progressista, como faz em outros veículos da própria internet. Queremos equidade de tratamento em respeito à pluralidade democrática.

A questão não é financeira e sim política.  Incomodamos não só porque mostramos os malfeitos da mídia corporativa, como também os dos seus apaniguados.

A Globo, ao tentar nos calar, não quer apenas ficar livre de críticas incômodas à sua atuação. Ela quer também proteger os seus aliados políticos.

Lembram-se da bolinha de papel que, em 2010, atingiu a cabeça de José Serra, levando-o a fazer uma tomografia num hospital no Rio de Janeiro? E da hipocrisia de dona Mônica Serra que, em campanha na Baixada Fluminense, disse que a Dilma queria matar criancinhas, quando ela própria já havia feito aborto? Essas armadilhas – todos sabem — só foram desmascaradas graças à blogosfera de esquerda.

Em entrevista que me concedeu esta semana, o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, José Augusto Camargo (Guto),  alertou: “Estamos assistindo ao crescimento da violência contra os jornalistas no Brasil. Vão de ameaças veladas, intimidações, ações na Justiça a agressões e assassinatos. Tudo isso levando ao cerceamento do exercício da profissão”.

Os processos contra Azenha, Rodrigo Vianna, Marco Aurélio Mello, Cloaca, Luís Nassif e Paulo Henrique Amorim demonstram essa violência.

Ontem à noite, Gerson  Carneiro postou nos comentários uma foto  com Azenha, eu, ele e Dukrai (João Aguiar), no 1º Encontro de Blogueiros Progressistas, realizado em São Paulo, em 2010.  Legendou-a como o famoso postulado de Saint-Exupery: “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas”

Queridíssimo Gerson, sabia que isso torna tudo mais difícil neste momento?

Concordo com Igor Felippe, outro queridíssimo, quando diz que o Viomundo já saiu das nossas mãos.

Construímos o Viomundo não mirando no próprio umbigo. Mas, pensando em mostrar, de forma transparente, democrática e digna, o que a mídia corporativa não divulga, em dar voz aos movimentos sociais e aos que pensam fora da caixa.

Talvez até por isso o Viomundo tenha se tornado muitíssimo maior do que nós. Sem dúvida, uma conquista, que nunca teríamos conseguido sem vocês, leitores e colaboradores voluntários.

Azenha, eu já te disse e repito: respeito e entendo os seus motivos.

Mas reflita. O fim do Viomundo é exatamente o que outros inimigos nossos mais querem. Já estão a comemorar essa possibilidade. Fechar o Viomundo, portanto, é fazer o jogo deles. Defendo que façamos exatamente o contrário do que eles desejam. Temos que seguir adiante pela confiança que nossos milhares de leitores depositam em nós. Não vamos deixar que nos calem.

Tenho certeza de que o seo Azenha, comuna de quatro costados das antigas, concordaria comigo e com os milhares de leitores e amigos do Viomundo, que, desde sexta-feira, nos emocionam com tanta solidariedade. À luta, amigo queridíssimo, companheiro de batalha por um Jornalismo decente, parceiro de trabalho. 

Leia também

 Igor Felippe: Viomundo não vai fechar porque os que são imprescindíveis lutam a vida inteira

Quando o Viomundo me apresentou Azenha 

Filho de comunista não se deixa intimidar pelos capachos colaboracionistas da ditadura militar 

Quem quer calar a imprensa mesmo?

Matéria publicada originalmente em:

Estudantes negros têm maior probabilidade de insucesso na escola, dizem pesquisas da USP.

Duas pesquisas da Universidade de São Paulo apontam que alunos negros têm maior possibilidade de ter pior desempenho na escola do que os brancos. 

Para os pesquisadores, o menor êxito dos negros é resultado de condições socioeconômicas e fatores culturais, como o preconceito desenvolvido por professores e alunos. 

O conjunto de condições determina que, quando os estudantes chegam ao 6º ano do ensino fundamental, 7% dos alunos brancos tenham mais de dois anos de atraso escolar, e entre os negros, o indicador chega a 14%. 

Os números são apresentados no artigo Fracasso Escolar e Desigualdade do Ensino Fundamental da pesquisadora Paula Louzano, publicado no relatório De Olho nas Metas de 2012, lançado pelo movimento Todos pela Educação. 

O artigo é baseado no questionário socieconômico da Prova Brasil 2011, aplicada nacionalmente e respondido por 2,3 milhões de alunos do 5º ano. Dos alunos que responderam à questão de reprovação ou abandono da escola, um terço havia passado pela situação de insucesso na escola. 

Desses, 43% se autodeclararam pretos, 34% pardos e 27% brancos, segundo a denominação adotada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 Informações da Agência Brasil.

Bahia. Vendaval arranca árvores e derruba várias casas em Vitória da Conquista.

 
Mais de 10 casas foram derrubadas pela força dos ventos que atingiram Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, neste fim de semana. 
 
De acordo com o Blog do Anderson, o vendaval – aliado à chuva – afetou principalmente o povoado de Cabeceira da Jiboia, onde árvores, paredes e telhados foram ao chão. 
 
Moradores reclamaram, conforme o site, da ausência de assistência do Poder Público no local. Segundo eles, a Defesa Civil esteve presente, mas não tomou providências. 
 
O órgão mandou engenheiros à área e fez o levantamento das ações necessárias, mas aguarda a chegada do prefeito Guilherme Menezes (PT), que está em Brasília, para implementá-las. 
 
A estrada de acesso à localidade permanece parcialmente bloqueada. Não houve vítimas no incidente. 
 
Materia copiada de:

Blogosfera. Movimento convoca reunião em defesa do 'Viomundo'.


Jornalista da Record Luiz Carlos Azenha anunciou fim do blog após ser condenado a indenizar em R$ 30 mil o diretor da Globo Ali Kamel; evento está marcado para a próxima terça-feira, em São Paulo, e propõe, além de coleta de dinheiro para saldar a dívida, acionar parlamentares para a denúncia de perseguição da Globo à blogosfera.


31 de Março de 2013 às 11:47.

Helicóptero militar cai na África do Sul.


Cinco militares sul-africanos morreram vítimas da queda de um helicóptero militar no parque nacional Kruger enquanto estava a patrulhar a zona de presumível ação de caçadores clandestinos.

Por enquanto não foi possível apurar causas do trágico acidente.


Como se sabe, os poderes locais têm travado intenso combate contra caçadores de rinocerontes que fornecem chifres aos clientes do Sudeste Asiático, com a ideia fixa e ilusória de o produto ser capaz de curar várias doenças.

Materia reproduzida de:

Cartórios privados omitem faturamento bilionário.

O Brasil possui 13.355 cartórios privados, mas pouco sabe sobre eles. 
 
Apesar de prestarem serviço público, esses estabelecimentos resistem a revelar seu faturamento, informa Chico Otavio. 
 
Um levantamento feito pelo GLOBO com base em repases obrigatórios registrados em alguns estados indica que, só no Rio e em São Paulo, eles movimentam quase R$ 5 bilhões. 
 
A fiscalização precária incentiva fraudes. No Piauí, um juiz investiga quadrilhas que forjam títulos de propriedade. Os preços são muitas vezes abusivos e arbitrários. Um mesmo serviço de casamento que custa R$ 291 no Rio Grande do Norte sai por R$ 42 no Rio Grande do Sul. 
 
Os cartórios extrajudiciais não fazem parte do Judiciário, mas são fiscalizados por ele. Existem para oferecer a segurança jurídica, colando selos em informações que se presume verdadeiras. Cabe ao tabelião atestar, por exemplo, que o dono é o dono. E isso é bem cobrado. 
 
Os titulares dos cartórios de Registro Civil, tabelionatos de Protestos, ofícios de Notas e de Registro Imobiliário recebem a maior fatia dos emolumentos (custas) que os cidadãos pagam pelo serviço prestado. Os cartórios mais cobiçados são os de notas (8.147 oficios no país), de protestos de títulos (3.427) e de registro de imóveis (3.396). 
 
São também os mais afetados pelos escândalos. Nas cidades, as fraudes mais frequentes são falsificações de assinaturas para DUTs e para efetivar transações imobiliárias. Nas fronteiras agrícolas, o registro ilegal de terras. 
 

Jussara Oliveira: Marco Feliciano e Silas Malafaia não me representam!.



Excelente o vídeo da blogueira carioca, Juh Sarah, sobre pastores oportunistas como os tipos Marco Feliciano e Silas Malafaia.

Ela é evangélica, vale a pena ouvir seus argumentos.

A indicação do vídeo é de Fábio Arruda.


Leia também

2013 declarado como o Ano Internacional da Cooperação pela Água

em 24 março, 2013.
O Dia Mundial da Água, comemorado em 22 de março, teve um significado especial neste ano: a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) elegeu 2013 como o Ano Internacional da Cooperação pela Água. O objetivo é conscientizar as populações sobre o significado do precioso líquido para a vida e a sustentabilidade da Terra.

Trata-se de um propósito relevante, pois estudos da ONU reiteram um diagnóstico preocupante: mais de um bilhão de indivíduos (o equivalente a 18% da população mundial) não contam com a quantidade mínima aceitável de água potável, carência que se estenderá a dois terços da humanidade (5,5 bilhões de pessoas) já em 2025, caso não se encontrem soluções eficazes. 


Há, ainda, o risco de que, em 2050, apenas um quarto disponha de quantidade diária suficiente para satisfazer suas necessidades básicas. A escassez também tem forte impacto negativo na área da saúde: 1,7 bilhão de pessoas não têm acesso a sistemas de saneamento básico e 2,2 milhões morrem a cada ano em todo o mundo por consumir água contaminada e contrair doenças como diarreia e malária.

A água ocupa 70% da superfície do Planeta. Porém, a maior parte (97%) é salgada. Apenas 3% do total são constituídos por água doce, o suficiente, segundo a ONU, para atender de modo pleno às necessidades da humanidade, se não houvesse tanto desperdício e poluição. 

Do total de água doce, 0,01% está em rios, disponível para uso. O restante encontra-se em geleiras, icebergs e subsolos muito profundos. Apesar dos volumes escassos, são as reservas de rios, lagos e lençóis subterrâneos as que utilizamos para produzir alimentos e colheitas, as que mantêm a biodiversidade e os ciclos de nutrientes e atividades humanas.

Nesse contexto, o Brasil tem posição privilegiada, pois detém a maior reserva de água doce, com cerca de 13% do total disponível no planeta. Entretanto, mais de 80% concentram-se em estados pouco povoados da Amazônia e na bacia do rio Tocantins, enquanto regiões do Nordeste sofrem com as secas e a escassez de sistemas de irrigação, segundo relatórios da Agência Nacional de Águas. 



Não bastassem esses desequilíbrios regionais, determinados pela natureza, há o problema da poluição por resíduos urbanos e industriais, principalmente nas grandes cidades, causado pelo ser humano como subproduto da ausência de planejamento urbano adequado.

Quase todos os municípios brasileiros (99,4%) contam com rede de abastecimento, mas uma em cada cinco casas não têm água encanada, como revela estudo do IBGE. Tal deficiência também decorre do planejamento precário. Além disso, as cem maiores cidades brasileiras desperdiçam anualmente cerca de 2,5 trilhões de litros de água, perdidos em encanamentos velhos, vazamentos, ligações clandestinas e demais problemas na rede de distribuição. 

O volume que jogamos fora seria suficiente para abastecer durante um ano inteiro todos os 41 milhões de habitantes do estado de São Paulo, esclarece o Instituto Trata Brasil.

Não resolveremos esses problemas sem encarar a realidade. Enquanto a burocracia e o rigor de normas e leis excessivamente limitantes dificultam a realização de projetos urbano-residenciais com água encanada e tratada, redes de esgotos e saneamento básico adequado, há enorme complacência com o uso irregular do solo, a construção irregular de bairros inteiros em áreas devolutas e/ou impróprias para habitações, a poluição de mananciais e  as ligações clandestinas.


Precisamos utilizar com sabedoria nossa imensa reserva de água doce. Caso contrário, acabaremos tendo escassez, pois o desperdício e a utilização equivocada não aceitam desaforos. 

É preciso aproveitar a oportunidade aberta pelo Ano Internacional da Cooperação pela Água para uma ampla reflexão sobre como estamos tratando essa questão no Brasil. Ainda há tempo para mudarmos práticas e conceitos e aproveitarmos de modo mais correto o que a natureza nos concedeu.

Luiz Augusto Pereira de Almeida, diretor da Fiabci/Brasil.

Matéria publicada em:

Deputado Pastor Feliciano é o judas do sábado de aleluia.


http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2013-03-30/boneco-judas-representando-marco-feliciano-e-pendurado-em-frente-ao-congresso-nacional

    
O traidor de Jesus Cristo é lembrado todos os anos no sábado de Aleluia, e em 2013 não poderia ser diferente; mas o personagem este ano é outro: o pastor Marco Feliciano (PSC-SP), alvo de polêmicas e de protestos por ter sido escolhido presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal mesmo defendendo posições racistas e homofóbicas; parlamentar já disse que só sai "morto" do cargo, e que não tem medo de "manifestações" e "gritarias", já que está ocupando o mandato de deputado por ter "recebido apoio popular" nas eleições.


30 de Março de 2013 às 14:57.

sábado, 30 de março de 2013

Ministro Paulo Bernardo recebe chumbo grosso da Carta Capital.

VALTER CAMPANATO-ABR            :
Ministro Paulo Bernardo
Revista dirigida pelo jornalista Mino Carta critica duramente o ministro Paulo Bernardo por ter engavetado o projeto de uma Lei de Meios, elaborado por Franklin Martins, e condena ainda supostos favorecimentos às Organizações Globo; comunicação é hoje o principal ponto de tensão entre o PT e o governo Dilma.

30 de Março de 2013.

Timon. Policia Militar desarticula quadrilha de assaltantes de bancos, apreendem armas e tres bananas de dinamites.

 
O 11º Batalhão da Policia Militar em Timon, comandado pela Major Juarez Medeiros, prendeu uma quadrilha que pretendia roubar o banco de Matões ou de Parnarama com o uso de explosivos. Os elementos portavam uma metralhadora .40, roubada da Polícia Civil do Maranhão, dois revolveres calibre 38 e três bananas de dinamite. 

 
A quadrilha roubou uma moto em Parnarama para ser utilizada no assalto em Matões, por volta de 01h30min. Alguns minutos depois a moto foi encontrada em Matões, após acionamento da PM local, tendo a quadrilha fugido sentido Timon. O Tenente Natayton que estava de serviço posicionou as viaturas em locais estratégicos na BR 226 e demais saídas da cidade. 
 
Por volta das 03h30min o grupamento de Força Tática, composto pelos soldados Bacelar, Roberth e Augusto visualizaram o veículo suspeito, um veículo Fiat Pálio, vermelho, placas LWC-5093,que não obedeceu a ordem de parada e trocou tiros com a PM, adentrando na cidade de Teresina, tendo a PM acertado um dos pneus do veiculo e um dos bandidos foi ferido no tórax. Outras viaturas da PMMA deram apoio. A perseguição terminou na cidade de Teresina, na Avenida principal do bairro Promorar (BR 316). 
 
 
 
A quadrilha era composta por: Francisco dos Santos Cunha, que foi, que alvejado com um tiro no tórax e socorrido pela PM e SAMU; Antonio Carlos Castro da Silva, Hildefran Silva Cora, que afirmou ser de São Domingos do Maranhão, e Paulo Moraes. Todos estavam morando na rua 08, Vila Dagmar Mazza em Teresina PI. 
 
A PM apreendeu na posse dos elementos o veículo Fiat Pálio placa LWC-5093, uma Metralhadora de marca taurus MT40, calibre .40, nº CT08072, que fora roubada da Polícia Civil do Maranhão e um revólver taurus cal. 38 nº PI441027, um revólver taurus cal .38 nº 810804, três bananas de dinamite com fios para detonação, duas alavancas grandes de ferro, cinco celulares, alicate, fitas adesivas, dinheiro e munições calibre .40 e calibre .38 e outros objetos. 
 

No local da ocorrência além das guarnições do Maranhão, compareceu o Major Sousa, que estava de serviço em Timon, Guarnições da Polícia Militar do Piauí, da PRF e uma equipe de peritos do Instituto de Criminalística do Piauí. Após os procedimentos no local, os acusados e o material apreendido foram encaminhados para a Central de Flagrantes da Polícia Civil em Teresina, onde foram tomadas as medidas judiciárias cabíveis. 

O Major Medeiros, Comandante do 11º Batalhão informou que esta é a mesma quadrilha que tentou roubar meses atrás o Banco do Brasil de Parnarama, quando foi visto um movimento suspeito e acionado a PM, e que os mesmos serão investigados pois já podem ter feito outros assaltos semelhantes.
 
Informações da Assessoria do 11º BPM de Timon.
 
Matéria publicada originalmente em: